terça-feira, 27 de março de 2012

Preparem-se JMJ Rio 2013

logo-jmj

Atenção galera de nossa querida Diocese, mais uma Jornada Mundial da Juventude está chegando, e esse ano é bem aqui pertinho, então vamos nos preprarando, reservando o dinheiro e principalmente agendando a data que Será nos dias 23 a 28 de Julho de 2013.

A Assessoria e Coordenação Diocesana estará organizando uma Comitiva da nossa Diocese, breve estaremos divulgando os valores e todas as informações necessarias para todos que se interessarem em ir para a Jornada Mundial da Juventude.

Maiores informações sobre essa e as ultimas JMJ encontrem no site:

http://www.rio2013.com/pt

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

quarta-feira, 20 de abril de 2011


quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011


quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Poesia em homenagem a Hildete, declamada na Ampliada Nacional da PJ em Imperatriz-MA. "Tiquinha"



Tiquinha... (“O que é que a baiana tem?”)
Quão belo é teu sorriso carregado de alegria.
Tu és mulher guerreira, de doação, coração GRANDE.
Palavras são tão pequenas neste momento...
Poesia e história traçam o caminho,
Agora tão cheio de perfume e sonhar.
Teu Coração Pejoteiro pulsa
No batuque do samba de roda, do axé,
Das cantigas de mainha, da Bahia de todos os Santos, da ciranda,
Em todo canto...
O Brasil te abraça.
Esta linda juventude de tantos rostos, sorrisos e profecia,
Se rende ao teu olhar de encanto, de jeito manhoso, dengoso;
Oxente,
Logo tanto brio se exala. Paixão Pejoteira.
Muitos caminhos foram trilhados, voos atrasados,
Estórias acumuladas, renúncias, choros contidos;
Saudade de casa... Ah, Quanta saudade!
Foram tantas andanças. O Brasil é tua casa,
O coração de cada jovem o teu lar, o teu aconchego, afago,
Fonte de toda reciprocidade.
De cada canto do Brasil
Guarde um pedaço deste chão.
Este chão sagrado de tantos mártires, tantos defensores da vida –
(Pe. Gisley, Pe. Burnier, Santo Dias, Pe. Mathom, Dom Helder...)
Este chão que pisamos,
Que gritamos: “Chega de violência e extermínio de jovens”
Você acreditou. Se doou...
Hoje tantos te agradecem – pela tua opção –
Gratidão,
Pelo teu chamego, nega.
Agradecem por saberem que do nosso lado estará;
Não fugiras da luta.
Hildete,
A bandeira da PJ é nosso manto. Somos família...
Somos do peito, da coragem, da reza e da festa,
Somos da Vida-Missão, prontos para amar.
Poeta Fábio Ferreira (Regional NE3)
Teias da Comunicação

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

NOVO SECRETARIO NACIONAL DA PJ

Francisco Crisóstomo (Norte 2): mais conhecido
como Thiesco, piauiense, leigo, solteiro, 24 anos,
reside em Marabá, cidade do interior do estado
do Pará. Possui graduação em Sistemas de Informação
e atualmente cursa Ciências Sociais pela Universidade
Federal do Pará. Participa da Coordenação Regional
da Pastoral da Juventude no Regional Norte 2 da CNBB.
Quer enviar uma mensagem para Thiesco? Escreva para
ele no e-mail: thiesco@gmail.com
Autor/Fonte: Teias da Comunicação - www.pj.org.br

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010


sexta-feira, 26 de novembro de 2010


                                             

Salve claves de todas as alturas, a paz;

            Se você estava ancios@ para dar seu pitaco, chegou a hora!!! Agora você pode avaliar, criticar e decidir.

O Festival a Cor da Juventude apresenta os poemas e músicas finalistas para que possamos ver, rever, apreciar e escolher as que mais agrada, lembrando sempre que o tema dessa primeira edição do festival é a Campanha Contra a Violência e o Extermínio de jovens.
           
Não deixe de prestigiar as poesias e músicas, entre no site e dê seu voto, vale fazer campanha, boca-de-urna, pedir pro seu grupo votar, padre, comunidade, primo, tio, papagaio....vamos tod@s votar!!!

Lembrando que as músicas e poesias mais bem colocadas serão gravadas no programa "Arena do Som" da TV Sec. 21.

Axé 




terça-feira, 23 de novembro de 2010

CDL - Curso de Dinamicas para Lideres 1º Nivel - Diocese de Barreiras 2010




Mais um CDL 1º Nivel aconteceu na Diocese de Barreiras - BA, acontecendo nos dias 19, 20 e 21 de Novembro na Casa de Retiro São Bento.

Recepção e Cadastramento dos Cursistas. Reencontro e Novas Amizades acontecendo
Momento de Espiritualidade Inicial, momento de muita expectativa quanto ao inicio do Curso

Espiritualidade com a cara da Juventude PJteira
Apresentação dos Objetivos do CDL

Distribuição de Tarefas, o CDL só acontece graças a construção feita por todos, então mãos a massa PJteiros..!!! 

Oração da Manhã 



Equipe de Infra e Monitores, jogaram duro. Cursista realizando sua tarefa, Sociograma.

Mais uma tarefa, secretária do Curso, apresentando o resumo do que já havia acontecido no CDL.



 Momento de Descontração e Saudade pois já está chegando ao fim do Curso




Valeu aos Monitores, a Equipe de Infra, a Irmã Érica, Irmã Paula e as Irmãs do São Bento e Principalmente a todos os Cursistas. E todos aqueles que incentivam ou contribuíram com este CDL.
São esses momentos que nos faz sentirmos cada vez mais PJteiros.

PJ Aqui, PJ La, PJ em Todo Lugar.....
PJTeiros de Coração










sexta-feira, 15 de outubro de 2010



quarta-feira, 6 de outubro de 2010


terça-feira, 14 de setembro de 2010

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Fotos dos últimos momentos do sepultamento de Dom Ricardo Weberberger na Áustria


  


 0














Na manhã de hoje recebemos algumas fotos do funeral de Dom Ricardo, enviadas por email por nosso assíduo leitor, o barreirense Vitor Taschetto, que se encontra na Europa em visita a familiares que residem na Áustria.
Vitor Taschetto fotografou os últimos momentos do nosso eterno Bispo da Diocese de Barreiras, Dom Ricardo Weberberger.
No último dia 20/08/2010 recebemos, também via email, de autoridades eclesiásticas de Linz – Áustria, este comunicado abaixo com dados referentes à vida e às obras de Josef Weber Berger, nome de batismo do recentemente falecido Bispo de Barreiras Dom Ricardo Weberberger. O texto foi por nós atualizado em alguns pontos, pois tratando-se de versão do alemão para o português realizada na Áustria, para melhor compreensão de nossos leitores, houve alguns pontos que  mereceram alguns reparos linguísticos.
Nota da redação
Às 07:45h de Terça-feira, 17 Agosto 2010  ele foi chamado aos céus.
Josef Berger Weber, em 5 Setembro 1939, era o 3º dos  seis filhos de um trabalhador rural do setor de laticínios, Alois Weber Berger e sua esposa Maria Bad Leonfelden. Em 1945,em consequência da turbulência do pós-guerra, a família finalmente se estabeleceu em Gaspoltshofen. De 1950-1958 Joseph frequentou a escola do Mosteiro de Kremsmünster e em 17 Agosto 1958 recebeu o nome monástico de Richard. Após seus estudos em Kremsmünster, em 1960 ele foi a Roma onde estudou teologia, e onde se formou em filosofia em 1964. Em 18 de agosto 1962 tomou os votos solenes, e em 15 Julho 1964 foi ordenado sacerdote.
De 1964-1970 continuou seus estudos na Universidade de Salzburgo, onde obteve o doutorado em teologia e filosofia. Depois de um ano em Kremsmünster Kaplan, já como Padre Richard, (1965/1973 atuou como conselheiro sobre Religião e Filosofia nas escolas de Kremsmünster Schlierbach (1971-1973) e onde foi professor na da Escola Filosófica.
De 1968 a 1973 ele trabalhou também como orientador espiritual beneditina nas Igrejas de Steiner. Em preparação para a sua vinda ao Brasil, ele estudou a partir de setembro 1973 a fevereiro de 1974, no Instituto Latino-Americano em Loewen (Bélgica). Sua chegada a Barreiras, Oeste da Bahia, deu-se a 25 Fevereiro 1974 onde assumiu como Padre da Paróquia São João Batista. Barreiras ainda fazia parte da Diocese de Barra. Logo de chegada ele começou a preparar Barreiras para a instalação de uma Diocese e para isso determinou a construção de uma casa que servisse de sede do bispado. Em 23 de Maio 1979 finalmente, o Padre Ricardo Weberberger, foi nomedo pelo Papa João Paulo II como primeiro Bispo da Diocese de Barreiras. Em 11 de Julho 1979, ele recebeu de Dom Augustin Mayer, na Igreja Colegial de Kremsmünster, sua ordenação episcopal. Em 26 de Agosto 1979, ele foi apresentado pelo Cardeal Metropolitano, Dom Avelar Brandão Vilela à população de Barreiras. De acordo com seu lema "Redemptor hominis", seu trabalho episcopal foi marcado em trazer a todas as pessoas de sua Diocese a mensagem libertadora do Evangelho. A Diocese abrange 76.000 km ² e tem cerca de 370 mil habitantes. Por isso, foi importante para ele obter das autoridades eclesiásticas muitas pessoas para trabalhar no ministério. Além dos Beneditinos de Steinerkirchen obteve apoio de onze comunidades irmãs do exterior para trabalhar na jovem Diocese. Sacerdotes de diferentes países e de fora da sua Diocese, auxiliaram o Bispo Dom Ricardo na instalação do bispado, que conta atualmente com 20 paróquias. A promoção e formação dos diáconos permanentes e catequistas de catequistas e foi também uma grande preocupação. Em 1981, ele pode construir a Casa de Retiro São Bento que serve a educação religiosa.
Sinais visíveis de sua opção pelos pobres e jovens, são seus projetos em benefício aos "filhos das ruas” como o Cata Ventos e a Casa de Passagem que visam abrigar criança de rua, desamparadas. As escolas agrícolas (EFAs), as instituições para a proteção dos pequenos agricultores, a defesa dos direitos humanos e do meio ambiente, clínicas e asilos, etc. Para o povo a ele confiado seu comprometimento multifacetado lhe fez um líder religioso altamente respeitado e amado como pastor de seu povo. 
Sua autoridade episcopal e sábia atitude foram destaques em nível nacional. Durante 12 anos ele foi um membro do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) 1998-2003 e Presidente da Conferência dos Bispos do Brasil - Regional Nordeste 3.
Sempre que o tempo lhe permitia, ele apreciava uma boa música, ou lia um bom livro, e mantinha-se sempre muito bem informado sobre os acontecimentos mundiais. Era sempre muito visitado pelos seus paroquianos devido a sua forma simples e amigável de se comunicar. Seu conhecimento era impressionante. Sobre as numerosas honrarias brasileiras e austríacas que recebeu, ele sempre se manifestava com a humildade característica dos grandes líderes e recebia estas homenagens no Brasil e na Áustria como um reconhecimento de pessoas. Certa feita ele escreve, numa carta de agradecimento ao presidente Dr. Heinz Fischer, por ocasião da concessão da Grande Medalha de Ouro de Honra como Estrela de Serviços prestados à República da Áustria: "Esta medalha é, portanto, não só para mim, mas para todos os austríacos e brasileiros na cooperação conjunta da igreja ter um pouco mais de justiça e humanidade no mundo, contribuir para o desenvolvimento do mundo, o amor e a verdade"- como diz o Papa em sua encíclica social".
Em 2009, foi comemorado em todas as paróquias de sua Diocese e, em Kremsmünster, seu aniversário de 70 anos de vida e 30 de episcopado como Bispo de Barreiras.
Em maio deste ano, Dom Ricardo começou a sentir deficiência visual grave. Foi diagnosticado um tumor cerebral e finalmente chegou-se a conclusão que era melhor ele vir para a Áustria a fim de se tratar. Em 4 De junho, acompanhado pelo Padre Geraldo, ele chegou a Linz, onde foi internado às presas no Hospital Wagner-Jauregg e a 9 de Junho foi  submetido a uma intervenção delicada. A cirurgia correu muito bem em 5 de Julho começou o tratamento de radioterapia e quimioterapia no hospital das Irmãs da Misericórdia, em Linz, que no princípio parecia que o mal seria superado. Tanto que em 15 de Julho ele participou de um encontro ecumênico realizado em Kremsmünster, na Summer School Ecumênico onde preferiu uma conferência sobre a reforma agrária em sua Diocese. Esta palestra, que foi muito importante para ele é, em certa medida, o seu legado. Seu compromisso incansável de estruturas justas para os pobres é encorajador.
Ele se dizia agradecido pelos cuidados, amor e desvelo dos funcionários e médicos, tanto nos hospitais e como na enfermaria do mosteiro, agradecimento que ele registrou em uma carta.
Entretanto o tratamento progressivo de rádio e quimioterapia foi minando suas forças e enfraquecendo seu sistema imunológico que acabou sendo acometido de septicemia e pneumonia. Transferido para a enfermaria de isolamento, já debilitado, na manhã de 17 de Julho acabou falecendo.
Segundo pessoas que o assistiram até o fim, suas palavras foram: “Agradeço as tantas pessoas que rezaram por mim... Eu confio na oração e na proteção de Deus. E isso tenho claro na mente: Nossas vidas estão nas mãos de Deus. E isso é bom!"
Agradecemos todas as pessoas no Brasil por terem apoiado Dom Ricardo: os padres e freiras na sua Diocese, seus secretários, a sua governanta, todos os funcionários e colaboradores, os seminaristas e todos os que se esforçam para fazer maior o Reino de Deus.
Nós oramos pela memória de nosso querido irmão à oração do Santo Sacrifício.
Kremsmünster, 18 Agosto 2010
Abade, prior e convento dos Monges Beneditinos de Kremsmünster
Irmãos, sobrinhos e sobrinhas os nomes de todos os parentes
Em vez de grinalda e flores pedimos orações e doações para os fins que o falecido tanto se esforçava para defender. Direção para fazer uma doação para a Diocese de Barreiras (Raiffeisenbank Kremsmünster: 15 784 - BLZ 34 233, Sparkasse Kremsmünster: 2600-007773 - BLZ 20 315, Volksbank Kremsmünster: 40002380000 - código Bank 4310).

Da redação Nova Fronteira | Fotos Vitor Taschetto

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

PJ FEST VICARIATO I - BARREIRAS

EM RESPEITO AO FALECIMENTO DO NOSSO QUERIDO BISPO DOM RICARDO, A PASTORAL DA JUVENTUDE DO VICARIATO I - BARREIRAS COMUNICA QUE O PJ FEST QUE ESTAVA MARCADO PARA ACONTECER NO PRÓXIMO DIA 28 NO CENTRO CULTURAL CAPAROSA, SERÁ ADIADO PARA O DIA 16/10. PEÇO AOS COORDENADORES QUE DIVULGUEM EM SEUS GRUPOS, BEM COMO PARA AQUELES QUE JÁ ADQUIRIRAM O INGRESSO.
DESDE JÁ AGRADECEMOS A COMPREENSÃO DE TODOS, E AO MESMO TEMPO PEDIMOS QUE OREM PELA ALMA DE NOSSO BISPO, BEM COMO POR TODA A NOSSA DIOCESE.


A COORDENAÇÃO.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Missão Jovem em Luis Eduardo Magalhães - Debate com os Candidatos a Deputado Federal e Estadual





DEBATE EM LUIS EDUARDO REUNIU ONZE CANDIDATOS


Cinco candidatos a deputado estadual e seis postulantes a câmara federal pela bacia do Rio Grande responderam ao convite da Pastoral da Juventude (PJ) - Diocese  de Barreiras, e participaram no último sábado (14/ago), em Luis Eduardo Magalhães, de um bom debate de idéias e propostas.
O pátio da Paróquia São José, no bairro Santa Cruz, recebeu um pouco mais 150 de jovens, que além de Luis Eduardo Magalhães,  vieram de outras cidades, tais como Formosa do Rio Preto, São Desidério, Barreiras e Tabocas do Brejo Velho.
Estiveram presentes os candidatos, Antonia Pedrosa (PMDB), Jorge Mota (PDT), Kelly Magalhães (PCdoB), Regina Figueirêdo (PSB), Rogério Tavares  (PSC) e William James (PV), postulantes a assembléia legislativa da Bahia.
Já entre os pretensos deputados federais, Karlúcia Macêdo (PMDB), Miro da Santa Luzia (PTdoB), Renato Santos (PSOL), Saulo Pedrosa (PSDB) e Ticar (PSDB) marcaram presença.
Apesar de não ter sido permitido confronto direto entre os candidatos, os mesmos se engalfinharam indiretamente em suas palavras. Destaque para os embates entre Regina Figueirêdo (PSB), Antonia Pedrosa (PMDB) e Kelly Magalhães (PCdoB). Porém, entre os principais federais, nada de bala trocada.
Por conta de algumas confusas perguntas, e do abuso retórico dos candidatos, boa parte dos questionamentos não foram respondidos com clareza.




FICHA LIMPA: QUAL SUA POSIÇÃO SOBRE O PROJETO E COMO ESTÁ SUA FICHA?

Na ordem do sorteio realizado pela coordenação do debate.


William James (PV): “Aprovo a Lei e minha ficha é limpa. Apesar do senador Francisco Dornelles (PTB/RJ) ter descaracterizado o projeto, tem candidatos do Oeste, caso eleito em outubro, não poderão assumir o mandato por conta da nova Lei”.
Rogério Tavares (PSC): “Sou ficha limpa e exemplo para Barreiras”.
Kelly Magalhães (PCdoB): “Sou favorável e não respondo a nenhum processo, sou ficha limpa. Acredito que só o povo é quem pode limpar a política, na hora de votar”.






Saulo Pedrosa (PSDB): “Sou a favor. Quanto ao meu registro no TRE, enfrento problemas por ter cumprido justamente a Lei, ao ser obrigado judicialmente a pagar o 13º salário dos secretários municipais de Barreiras em 2007, o que custou a reprovação de minhas contas. Como cidadão numa fui processado”.
Jorge Mota (PDT): “Sou literalmente a favor, e além de ser limpo sou puro”.
Karlúcia Macêdo (PMDB): “Sou a favor. Tenho ficha limpa e meu registro está deferido. É preciso vencer aqueles políticos viciosos, principalmente os que compram votos”.




 


Mira da Santa Luzia (PTdoB): “Sou a favor. Tenho 57 anos e na minha vida inteira nem se quer revistado pela polícia fui”.
Renato Santos (PSOL): “A favor. Se dependesse das câmaras (câmara e senado) o Ficha Limpa não aconteceria. A sociedade brasileira teve a soberania arranhada pelo senador Dornelles. Minha ficha é limpa”.
Antonia Pedrosa (PMDB): “Sou a favor, e creio que a Lei do Ficha Limpa é um dos principais projetos já criados pelo parlamento brasileiro. Sou ficha limpa e minha candidatura foi deferida sem problemas”.






Regina Figueirêdo (PSB): “Entendo que a Lei do Ficha Limpa é um aprimoramento, até por que é preciso ser previsto também o uso da máquina pública por candidatos. Eu tenho intolerância ao uso da máquina pública. Tem gente suja que não foi pega, por isso é preciso acompanhar e investigar a vida pregressa de alguns. Sou a favor e minha ficha é limpa”.
Ticar (PSDB): “É claro que sou a favor. Sou ficha limpa. Mas, é preciso acompanhar os que gastam o dinheiro da merenda escolar em campanha eleitoral, e principalmente aqueles que jogam o dinheiro público no lixo como se fosse papel higiênico”.  




QUAL SUA CONTRIBUIÇÃO OU PROPOSTA PARA PÔR FIM AO EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE?



Miro da Santa Luzia (PTdoB): “Sou membro fundador da associação de moradores do Bairro de Santa Luzia, faço parte da Pastoral Carcerária, conheço a miséria, e minha proposta é que a população defina o valor do salário dos políticos, sendo assim, os mesmos darão valor aos jovens e aos pobres”
Jorge Mota (PDT): “Mais escolas e menos cadeia”.
Kelly Magalhães (PCdoB): “Como vereadora reeditei a Lei da meia-passagem e criei o pré-vestibular gratuito nas escolas municipais. Desejo contribuir na luta contra o uso de drogas, principalmente o crack”.
Karlúcia Macêdo (PMDB): “Como professora auxiliei milhares de jovens, principalmente aqueles que precisavam concluir o ensino médio. Lutarei em defesa do ensino supletivo e pela educação profissionalizante”.
Saulo Pedrosa (PSDB): “Eu trouxe a delegacia e a justiça federal, a UFBA, e executou 54 projetos ligados aos jovens em risco social. Defendo o fechamento da cadeia produtiva local com a industrialização, e assim a geração de emprego e renda”.
 William James (PV): “Como cidadão criei a ONG Esperança, onde instalei um telecentro digital. Defenderei a educação como prioridade em meu mandato”.
Antonia Pedrosa (PMDB): “Participei de um projeto social quando funcionária do Banco do Brasil. Como 1ª Dama de Barreiras ajudei o projeto Sentinela. Defenderei o modelo de polícia pacificadora e a implantação de um hospital para reabilitação de drogados no Oeste”.
Regina Figueirêdo (PSB): “Como vereadora instituí uma Lei que determina o fechamento de ambientes comerciais que permitam o abuso e a exploração infantil. Acredito que a violência não é pontual: a falta de saúde e educação também são formas de violência. Defenderei a reformulação da grade curricular, incluindo a educação profissionalizante obrigatória nas escolas estaduais”.
Renato Santos (PSOL): “Quem extermina a juventude é a polícia, tanto a militar como a civil.  Combater a violência sem inclusão social é balela. Defendo que a própria comunidade deva estabelecer quais são as prioridades e ações a serem implementadas ”.


LIMITE DE PROPRIEDADE DA TERRA, QUAL SUA POSIÇÃO?


Regina Figueirêdo (PSB): “Entendo que cada região do Brasil deva definir sua própria Lei. Defendo que as terras não devam ser comercializadas e entregues a grupos estrangeiros, por acreditar que isso ameaça a soberania nacional”.
- A vice-prefeita denunciou a expulsão de colonos de uma fatia de terra equivalente a 250 mil hectares localizadas entre Jupaguá (Cotegipe) e Mansidão, praticada por estrangeiros e jagunços da região.
Antonia Pedrosa (PMDB): “Não tenho opinião formada sobre o tema. Porém, acredito que mil hectares é pouco e acima de 40 mil é um exagero. Creio que devamos debater com mais profundidade, ou teremos uma guerra civil”.
Renato Santos (PSOL): “Sou a favor. Defendo o limite máximo de mil hectares. O meu partido é o único no Brasil a defender essa bandeira”.


fonte: http://www.zda.com.br/


Faleceu dom Ricardo Weberberger, bispo da diocese de Barreiras

Ter, 17 de Agosto de 2010 09:35 cnbb
  
domricardojoseffalecimentoFaleceu hoje, 17, às 3h da manhã, no Hospital Central da cidade austríaca de Lins, o bispo da diocese de Barreiras (BA), dom Ricardo Josef Weberberger, de 71 anos. Dom Ricardo, em maio deste ano, durante a Assembleia da CNBB e o Congresso Eucarístico (ambos em Brasília), sentiu dores de cabeça e graves distúrbios visuais. Na volta à diocese, o bispo procurou um neurologista, que detectou um tumor no cérebro.
Dom Ricardo aceitou o convite de seus confrades austríacos e de sua família, decidindo então pelo tratamento na Áustria. No dia 9 de junho, dom Ricardo foi operado retirando completamente o tumor do cérebro. Devido às várias sessões de quimioterapia e radioterapia, o sistema imunológico de dom Ricardo ficou muito fragilizado. No último domingo, 15, o quadro de saúde do bispo piorou devido a uma infecção, culminando, hoje, em seu falecimento.
A data e o horário, tanto do velório quanto do sepultamento, ainda não foram definidos pela família do bispo. Uma comissão de seis religiosos, da diocese de Barreiras, segue hoje para a Áustria para acompanhar o velório do dispo diocesano.
Dom Ricardo Josef Weberberger foi o primeiro bispo da diocese de Barreiras (BA). Nasceu 1939, na cidade de Leonfelden (AUS). Chegou à diocese de Barreiras 1974 e sua Ordenação Episcopal aconteceu em julho 1979.
Na última Assembleia da CNBB, dom Ricardo exerceu um importante trabalho, atuando como membro da Comissão Episcopal que discutiu o Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH3).
Seu lema era “Redentor do Homem – Jesus Cristo”.



Nota da CCBB

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Descanse em PAZ Dom Ricardo

A Pastoral da Juventude da Diocese de Barreiras, está em luto pelo falecimento de nosso querido Dom Ricardo.
Agradeceremos sempre por todo o incentivo, apoio e o amor que ele sempre teve por toda a Juventude de nossa Diocese.
E um dos grandes ensinamentos dele, foi de nunca parar as nossas lutas, os nossos trabalhos, as nossas atividades, frente a uma dificuldade.
Choraremos sim,  mas nunca desistiremos de seguir em frente com a Igreja que ele lutou pra erguer aqui em nossa região, com um único propósito, de levar o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo a toda essa nossa região.
Oremos pela alma de nosso Dom Ricardo, sabemos também, que ele  é um grande PJTEIRO.